Notícias

19/05/2015

O Centro de Estudos das Sociedades de Advogados (Cesa) tem novos dirigentes para os próximos três anos.O brasiliense Carlos Mário da Silva Velloso Filho será empossado hoje como presidente da instituição. Ele assumirá o posto coma missão de realizar estudos e aproximar o Cesa dos advogados brasilienses, uma vez que os outros administradores eram de outras unidades da Federação. A cerimônia ocorre às 19h, no Setor de Autarquias, na sede do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil. A partir de agora, Velloso Filho deverá discutir e dar andamento a pautas de interesse da classe. “Gosto da vida associativa. O trabalho intelectual é solitário e a participação em entidades como a OAB, os institutos de advogados, o Cesa e outras associações torna a vida profissional mais rica”, ressalta. 

O Cesa é uma associação civil sem fins lucrativos, constituída por advogados que atuam na esfera privada, que não são funcionários públicos e estão inscritos regularmente da Ordem dos Advogados
do Brasil (OAB). Normalmente, são feitas reuniões periódicas a fim de discutir interesses dos associados e da comunidade. “Omeu grande desafio à frente da instituição será o de inserir ainda mais o Cesa na vida da cidade, aproximando-o das sociedades e dos advogados deBrasília. No plano corporativo, pretendo promover encontros entre as sociedades de advogados para que possamos trocar experiências e estudar os temas que interessam aos escritórios”, explica Velloso Filho.

Questões jurídicas, assuntos relativos à administração da Justiça e ao exercício da profissão de advogado também serão debatidas. “O direito brasileiro passa por intensa transformação. Há inúmeros projetos de lei em tramitação no Congresso Nacional à espera de nossa contribuição”, analisa.

Fundado em junho de 1983, o Cesa conta, hoje, com cerca de 800 sociedades inscritas. Entre as principais finalidades do centro, estão a possibilidade de manifestar-se sobre assuntos relativos à administração da Justiça e da carreira, oferecer estudos que facilitem o exercício da profissão e representar a classe e os interesses dela nos órgãos e entidades públicas. Atualmente, a instituição está presente em 12 Estados e no Distrito Federal. “Pretendo fortalecer essas parcerias já firmadas com a Ordem, tanto a Nacional como a local, visando à concentração de esforços conjuntos para o exercício das atribuições comuns às duas entidades. E, na esfera institucional, a ideia é propor às instâncias competentes do Cesa o pronunciamento oficial da entidade nos debates públicos que se travam na esfera federal e do DF, sobretudo os que digam respeito ao Poder Judiciário e à prestação jurisdicional”, afirmaVelloso Filho.

Odireitopassa por
intensa transformação.
Háinúmeros projetos
de leinoCongressoà
esperadenossa
contribuição”
Carlos Mário da Silva Velloso
Filho, presidente do Cema

"O direito passa por intensa transformação. Há inúmeros projetos de lei no Congresso à espera de nossa contribuição”

Carlos Mário da Silva Velloso Filho, presidente do Cesa

Fonte: Jornal Correio Braziliense