Notícias

19/04/2015
O presidente da OAB/SP, Marcos da Costa, viajava junto no carro e está fora de perigo.

Triste notícia a advocacia recebeu no início desta noite. O advogado Carlos Roberto Fornes Mateucci faleceu neste sábado, 18, após sofrer acidente automobilístico no interior de São Paulo.

Ele retornava de um festivo encontro em Itapetiniga quando um acidente na rodovia Castelo Branco ceifou sua vida. O presidente da seccional, Marcos da Costa, encontrava-se na companhia de Mateucci e foi transferido para o hospital Oswaldo Cruz, na capital. Ele sofreu uma fratura na tíbia, passou a madrugada sendo operado e seu quadro é estável.

Mateucci foi presidente do CESA - Centro de Estudos das Sociedades de Advogados e atualmente era diretor-tesoureiro da OAB/SP. Ele deixa mulher e dois filhos.
Carlos Mateucci era graduado em Direito pela PUC/SP e especialista em Direito Coletivo e Difuso pela mesma Universidade. Havia anunciado nesta semana a constituição de uma nova banca, Mateucci Advogados.

Marcus Vinicius Furtado Coêlho, presidente nacional da OAB, decretou luto oficial por três dias e destacou que, além de um grande profissional, a advocacia brasileira perde um dirigente destacado, que deixa um grande legado de trabalho em defesa das sociedades de advogados.

O corpo será velado em São Paulo, Capital, no Funeral Home (rua São Carlos do Pinhal, 376), a partir das 10h. O enterro será às 16h no Cemitério Consolação.

“Corregedor e, agora, presidente do TRF da 3ª região, tenho recebido o apoio de muitos amigos na Advocacia, Ministérios Públicos e Magistratura - o mundo que vivi e tenho vivido intensamente, nestes 35 anos de profissão. Mateucci é um companheiro de geração, circunstância que facilitou a convivência e a aproximação. Mas não ficamos nisto. Tivemos uma relação ao mesmo tempo profissional e fraternal. Nos últimos dias, estive no CESA, quando ele transmitiu a presidência ao Cajé. Mateucci também esteve comigo no TRF, segunda-feira, em evento do Tribunal - sempre prestigiou a minha administração. Lamento, triste, esta notícia dolorosa. Penso na esposa, filhos, pais e outros amigos. O futuro que ainda prometia tanto. Registro os sentimentos - meus e dos colegas do TRF -, com profundo pesar.” Fábio Prieto - presidente do TRF da 3ª região

Fonte: Blog do Tomé Mota