Notícias

10/11/2017

Texto: Belles Barchet

Com objetivo de mobilizar os advogados gaúchos para participarem dos principais debates sobre a atual realidade jurídica brasileira, o Centro de Estudos das Sociedades de Advogados do Rio Grande do Sul – CESA/RS, promoveu um encontro com o advogado e ex-ministro José Eduardo Cardozo, na última segunda-feira (08). A atividade foi idealizada pelo presidente da entidade, Evandro Luis Pippi Kruel, em conjunto com o criminalista Jader Marques, no auditório da Diamond Tower, em Porto Alegre.

Segundo o presidente do CESA RS, a vinda do ex-ministro e advogado José Eduardo Cardozo inicia uma série de atividades que a entidade pretende realizar, para debater as questões que interferem diretamente na atuação dos advogados, além daquelas que impactam na sociedade em geral, como as questões legislativas e da jurisdição. Ainda de acordo como presidente, a entidade é de fundamental importância para representar as preocupações das sociedades de advogados: “a imensa maioria dos advogados é composta de autônomos ou está inserida em sociedades muito pequenas, então o discurso e as preocupações dos advogados que integram as bancas maiores, em assuntos mais complexos, às vezes tem de ser tratado em uma esfera própria, mas são interesses coordenados e comuns com os da OAB.” Cabe ao CESA, com abrangência e presença em grande parte dos Estados brasileiros, com transparência e foco, defender os interesses desse segmento da advocacia, que por ter como clientela principalmente o empresariado, apoia e ajuda a incrementar a economia e o mercado brasileiros, repercutindo direta e indiretamente de forma positiva sobre todos advogados”, declarou Kruel, que agradeceu a presença de José Eduardo Cardozo no evento.

José Eduardo Cardozo, disse considerar o evento como um “encontro informal entre colegas” e parabenizou a mobilização entre os advogados gaúchos. “Depois de muitos anos na política, voltei para a advocacia. Acredito que temos pela frente a necessidade de fazer reflexões em conjunto e que absorvam a totalidade da nossa profissão. Não raras vezes nos reunimos para discutir causas, teses acadêmicas ou até mesmo debater questões no plano de tributação do advogado, mas talvez não discutamos tanto como deveríamos a questão da essencialidade das nossas prerrogativas”, disse. Para o ex-ministro, o constante desrespeito às prerrogativas dos advogados faz com que a profissão seja criminalizada. “Tenho uma profunda preocupação quanto ao respeito da sociedade em relação à figura do advogado. Nós temos sido constantemente criminalizados e não importa a área de atuação. Acho que não estamos nos unindo para deliberar sobre isso. Quem admite desrespeito não se faz respeitar e será violado inexoravelmente. Temos aceitado com grande passividade nossos direitos serem pisoteados e o que me preocupa ainda mais é que há colegas que dão razão aos magistrados ou membros do Ministério Público quando violam prerrogativas escancaradas. Não é possível que advogados aplaudam violações de prerrogativas de outros advogados só porque não concordam ou não gostam do cliente ou das causas que o colega defende. Isso é inacreditável”, disse. Conforme o advogado, defesa das prerrogativas não é corporativismo. “Há uma diferença muito grande entre o corporativismo beneficiador de um indivíduo e aquilo que é a defesa de uma corporação que é responsável pelo Estado de Direito”, afirmou.

O criminalista Jader Marques, co- organizador do evento, destacou a articulação do CESA e colocou o espaço sempre ao dispor para ampliar o debate. “Hoje, temos aqui um amigo que deseja nos receber na sua casa em Brasília. É uma alegria poder recebê-lo na nossa casa, especialmente por nossos objetivos comuns de criarmos novas possibilidades para antigas batalhas. Queremos dar sequência a este tipo de atividade, que é um bate-papo entre colegas que querem trocar experiências na buscar por uma advocacia mais respeitada.”

A atividade contou com a presença de advogados de Porto Alegre, Santa Maria, São Leopoldo e também com a participação das Defensoras Públicas do Estado do Rio Grande do Sul Marta Zanchi e Patrícia Kettermann.

Confira o álbum de fotos do evento aqui.