Notícias

08/05/2019

A vice-presidente da OAB Paraná, Marilena Winter, deu posse nesta terça-feira à Comissão de Arbitragem da seccional, presidida pela advogada Inaiá Nogueira Queiroz Botelho. A comissão conta ainda com os advogados Bruno Guandalini como vice-presidente, Elisa Schmidlin Cruz como secretária e com mais 26 membros e dois membros-consultores.

“É uma comissão notável, de colegas extremamente especializados. Registro aqui nosso agradecimento pelo tempo e pela dedicação de vocês, que colocam seu conhecimento e patrimônio intelectual a serviço da OAB Paraná. É algo digno de profunda admiração”, destacou a vice-presidente ao abrir a solenidade.

Alma

Marilena Winter ressaltou ainda o fato de as comissões reunirem quase 2 mil advogados que trabalham voluntariamente pela classe. “São a alma da Ordem”, pontuou. Ela também deu as boas-vindas aos novos integrantes da comissão, desejou a todos uma atuação profícua e anunciou que em breve um Colégio de Presidentes de Comissões será realizado para integrar todos os grupos e fortalecer o espírito de união presente na seccional.

Ao ter a palavra, a presidente da comissão, Inaiá Botelho, agradeceu a confiança do presidente Cássio Telles e da vice-presidente Marilena Winter e também expressou sua gratidão aos integrantes que aceitaram o desafio de compor o grupo.  A advogada traçou um histórico de seu envolvimento com a arbitragem desde o primeiro contato, em 2013. “Nossa missão é desmistificar e democratizar a arbitragem. Temos excelentes arbitralistas no Paraná, mas precisamos atingir novos públicos. Há desconhecimento desse instituto até mesmo no seio da advocacia”, destacou ela.

Difusão

O ex-presidente da comissão, Carlos Pianovski, também dirigiu-se aos membros da comissão. “Tenho certeza de que as metas estabelecidas serão cumpridas nos próximos três anos e me coloco à disposição da comissão”, afirmou. O vice-presidente Bruno Guandalini apontou a importância de levar informações sobre arbitragem aos meios acadêmicos. “O mercado existe, mas precisa ser analisado dentro da realidade, sem expectativas exageradas”, frisou.

Elisa Schmidlin Cruz, que traz para a comissão a experiência de sua atuação na Câmara de Mediação e Arbitragem da Associação Comercial do Paraná, fez uma rápida saudação aos presentes. “Aqui estou entre amigos”, sublinhou.

Tarcísio Krotez, que é membro da comissão, também compôs a mesa na qualidade de presidente do capítulo paranaense do Centro de Estudos das Sociedades de Advogados (CESA) e de presidente do Instituto dos Advogados do Paraná (IAP). Ele destacou o sigilo e a livre escolha dos árbitros como vantagens da arbitragem. “Fiz minha dissertação de mestrado numa época em que nem legislação sobre arbitragem havia. É gratificante ver hoje o quanto esse instituto de desenvolveu e integra nossa vida profissional”, afirmou.

Último a ter a palavra antes da diplomação dos membros da comissão, o advogado Marlus Arns foi brevíssimo: “Um viva à Comissão de Arbitragem!”, propôs.
Fonte: OAB PR