Notícias

19/10/2021
Relator da reforma do IR no Senado critica projeto e diz que vai retirar taxação de dividendos

Relator da reforma do IR no Senado, Angelo Coronel (PSD-BA)
 
O relator do projeto de lei 2.337/2021, da reforma do Imposto de Renda (IR), senador Angelo Coronel (PSD-BA), disse que irá retirar do texto a taxação sobre distribuição de lucros e dividendos. A declaração foi dada em uma live promovida pelo Centro de Estudos das Sociedades de Advogados (Cesa).
 
O parlamentar fez diversas críticas à atual versão da proposta, aprovada na Câmara no início de setembro, a qual chamou de “peça eleitoreira”. “Eu nunca vi uma peça tão ruim na minha história de 30 anos de vida pública como essa peça que escreveram e deram o número 2.337”, disse. Segundo ele, a tributação de lucros e dividendos causaria “o maior contencioso tributário da história”.
 
“A única pessoa que vi elogiar esse projeto foi o ministro da Economia, quando estive com ele 15 dias atrás. E eu cheguei à conclusão com meus botões de que ele não leu o texto. Porque eu não acredito que o Paulo Guedes, como economista experiente e empresário, queira colocar no seio da sociedade brasileira, do mercado produtivo, daqueles que são pagadores de impostos e geradores de empregos, essa peça magnífica. Não acredito que ele tenha essa maldade tão grande dentro de seu coração.”
 
Coronel voltou a defender a elevação da faixa de isenção do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF) para R$ 5 mil e afirmou ainda não ter pressa em apresentar seu relatório. “Eu não tenho prazo. Posso passar um ano, posso passar dois, posso passar três. Só quando terminar meu mandato de senador, e ainda me restam cinco anos. Eu não vou apresentar um relatório com o que está incluso no que veio da Câmara”, declarou

Fonte: Gazeta do Povo - PR